fbpx

Compartilhar esta publicação

Conhece o Google Adwords?

O Google Ads é uma ferramenta de marketing digital que já está consolidada há bastante tempo. Ele foi lançado em 2000, com apenas 350 anunciantes.
Nesses anos, a ferramenta se tornou sinônimo de “paid search”, ou “busca paga”. Mas é importante lembrar que outros mecanismos de busca, como o Bing, também oferecem serviços parecidos.
A grande vantagem do Google Adwords, comparado aos concorrentes, é o seu alcance. Basicamente qualquer usuário de internet no mundo utiliza o Google diariamente.
Vamos colocar isso em números mais precisos:

  • São mais de 40.000 pesquisas realizadas no Google por segundo
  • E 180 bilhões de pesquisas por mês
  • Com o Google Adwords, 2.6 bilhões de pesquisas por mês exibem ads dos anunciantes
  • Totalizando um potencial de alcance de 90% de todos os usuários de internet do mundo!

Porém, essa não é a única vantagem. O Google também está ficando cada vez mais sofisticado, com o uso de inteligência artificial e aprendizagem automática.
Por isso, ele tem o potencial para se tornar, cada vez mais, um elemento integrado à vida da população.
E, através do uso dos ads, qualquer anunciante pode embarcar nessa integração entre as pessoas e o mundo digital.

Como funciona o Google Ads?

O Google Ads permite criar anúncios de texto redirecionando para seu website, um hotsite, uma página de midias sociais. Ele funciona assim: você cria um anúncio e dá um lance na palavra-chave escolhida.
Quando alguém fizer uma busca pela mesma palavra-chave que você utilizou no seu anúncio, ele vai ser exibido junto com os resultados, nas posições de topo.
Com o Google Adwords, você paga por cliques efetivos. Aliás, é daí que vem o nome “PPC advertising”: pay-per-click, ou seja, Custo Por Clique. Lembre-se de que o Facebook tinha a opção CPC e também a opção de CPM.
Entre o seu anúncio e os concorrentes, o que define qual deles será exibido para o usuário?
O valor que você está pagando é um fator, com certeza. Mas nem tudo é decidido com base em “quem tem o maior budget de marketing”.
Na verdade, o Google Adwords leva em consideração, em primeiro lugar, a qualidade e relevância dos anúncios.
Isso garante a longevidade do próprio Google: quando o usuário, ao fazer uma busca, recebe um anúncio relevante, isso aumenta a qualidade da sua experiência com o buscador.
Ou seja, ele vai usar o Google mais vezes no futuro.
Um dos principais fatores usados para medir a relevância de um anúncio é a própria taxa de cliques. Se ela for alta, isso indica que o anúncio possui mais apelo e qualidade para os usuários.

Rede de pesquisa vs. Rede de display

Antes de encerrar, é preciso fazer uma última explicação sobre o funcionamento do Google Adwords.
O Google Adwords possui duas redes.
A rede de pesquisa, que explicamos aqui, coloca anúncios dentro do próprio buscador Google. Eles aparecem misturados aos resultados de pesquisa do usuário.
Porém, existe também a rede de display.
A rede de display permite colocar os anúncios em diversos sites que participam do programa de afiliados da Google, e também no Youtube.
Os anúncios divulgados através da rede de display podem ser mais visuais.
Para determinar em quais sites afiliados seu anúncio será exibido, a Google leva em consideração o segmento de atuação, tentando posicionar os ads em sites compatíveis com a oferta que está sendo feita.

Quem o Google Adwords alcança?

Como nós já explicamos, o Google Adwords atinge pessoas que buscam pela mesma palavra-chave usada no seu anúncio.
Por isso, ele gera uma conversão mais alta, se comparado ao Facebook Ads. O motivo é que o anúncio exibido está sempre alinhado com o que os usuários estão procurando (e precisando) naquele momento.
Mas existe um outro lado dessa moeda. Se o usuário não busca pela palavra-chave, ele nunca vai ver seu anúncio no Google Adwords.
Muitas pessoas podem estar por aí, sem saber que têm um problema – e que o seu produto ou serviço pode resolvê-lo. O Google Adwords não vai ser a opção mais efetiva para atingir esse grupo.

Faça sua empresa crescer e entre em contato com a Lytrondesign.

Fonte: https://rockcontent.com/blog/facebook-ads-ou-google-adwords/

Assine a nossa Newsletter

Receba atualizações e aprenda com os melhores

Mais para explorar

Archetype

O poder de persuasão dos arquétipos

Os seres humanos sempre usaram símbolos e imagens para se comunicar e induzir comportamentos. Basta se lembrar dos arquétipos dos deuses gregos, romanos e egípcios,

Melhore sua credibilidade e visibilidade. Obtenha mais leads.

Deixe-nos uma mensagem