Arquétipos de Marcas

A personalidade da marca é uma combinação das suas características emocionais com o nome da marca, que afeta a forma como as pessoas se sentem antes de fazerem decisões de compra. Geralmente, a personalidade de uma marca reflete a personalidade do público-alvo. As emoções podem exercer um efeito no comportamento mais forte do que a decisão puramente racional.

Encontrando sua Voz

Encontrar a sua voz pode ser difícil, especialmente sendo um pequeno negócio. Identificar o arquétipo a sua marca poupar-lhe-á tempo e dinheiro. A Lytron ajuda a incorporar este conceito na mensagem e no marketing da sua marca.

Conseguir entrar na mente dos outros é algo poderoso.

12 Arquétipos

Existem 12 arquétipos de marcas. São divididos nas quatro necessidades básicas humanas. Cada arquétipo representa uma necessidade mais profunda, que se ramifica a partir de uma das necessidades principais.

Conceito apresentado pela primeira vez em 1919 e usado principalmente na área da psicologia, implementou-se de tal forma que o inconsciente coletivo é transcultural.

As grandes marcas têm aplicado o conceito do Arquétipo para definir a sua identidade, amplificar a sua audiência e promover a conexão emocional, atingindo o subconsciente e necessidades básicas dos consumidores. Geralmente, o conceito do Arquétipo não é do conhecimento das agências digitais e pequenos negócios. Como a Lytron é uma agência de branding e marketing digital focada em resultados, usamos Arquétipos no nosso processo de criação de marcas e desenvolvimento de sites para aumentar a taxa de conversão e o ROI.  

Chegar ao Paraíso

1. Inocente (deseja senti-se seguro)

As marcas que usam este arquétipo podem desejar fazer os seus clientes sentirem-se seguros e bonitos por dentro. Ex: Nintendo Wii, Coca-Cola, Dove

2. Sábio (deseja compreender)

As marcas que se identificam com este arquétipo tendem a apresentar um lado humanista e desejam ajudar os seus seguidores. Ex: Google, BBC, Oprah

3. Explorador ( deseja ser livre)

Uma marca com o arquétipo do Explorador pode oferecer aos seus clientes uma chance de escape. Ex: Corona, Red Bull, REI

Marcar o mundo 

4. Bandido (deseja liberdade)

Estas marcas tendem a atender a desajustados e/ ou pessoas que gostam de viver no limite. Ex: Virgin, Harley-Davidson, Diesel

5. Mágico (deseja poder)

Prometem  realizar sonhos usando suas habilidades impressionantes. Não é de admirar que muitas marcas de tecnologia usem esse arquétipo. Ex: Apple, Absolute Vodka, Axe

6. Herói (deseja dominar)

Marcas que se moldam depois de o Herói se vender aos seus clientes, como quem vai resgatá-los das suas aflições. Ex: Snickers, Nike, Ariel, Printsome

Conectar  com os outros 

7. Amante (deseja intimidade)

Uma pessoa que se identifique com esse arquétipo provavelmente usará imagens sugestivas para evocar sensações.. Ex: Häaguen-Dazs, Victoria Secret, Chanel

8. Tolo (deseja diversão)

Uma campanha de marketing para uma marca com esse arquétipo será bastante divertida ou engraçada. Todos gostam de rir, é por isso que os Tolos são algumas das marcas mais amadas ou com os anúncios mais memoráveis. Ex: Pepsi, M&M’s, Old Spice, Budweiser

9. "Homem comum" (deseja fazer parte de)

Estas marcas relacionam-se com as pessoas a um nível “real”. Uma campanha deste arquétipo aborda as atividades e rotinas do dia-a-dia. A sua mensagem: é perfeitamente normal ser normal. Ex: IKEA, Kit Kat, Visa

Fornecer Estrutura 

10. Criador (deseja inovar)

Uma marca deste arquétipo motiva os seus clientes a usarem a sua criatividade, vendendo-lhes um mundo de possibilidades. Ex: Lego, Adobe, Crayola

11. Governante (deseja controlar)

Uma marca que deseja “governar” terá uma narrativa que demonstra porque são o líder da indústria. Este tipo de marcas sugere aos clientes que também podem ser dirigentes. Ex: Microsoft, British Airways, Mercedes-Benz

12. Cuidador (deseja servir aos outros)

O arquétipo do Cuidador é o seu progenitor. Eles empatizam, desejam ajudar e proteger os seus clientes. A sua mensagem tende a ser positiva. Uma marca deste tipo transpira uma aura de altruísmo. Ex: UNICEF, Johnson & Johnson, Heinz

Inteligência Emocional 

Pessoas não tomam decisões baseadas apenas em fatores lógicos/racionais. Independentemente da cultura, temos o que chamamos de sexto sentido, sentimento de intuição ou intuição 

O papel da Lytron é usar a inteligência emocional para entender seu consumidor e posicionar sua marca, a fim de promover a identificação entre os dois. Crie um bom produto/serviço e nós o conectamos à necessidade do seu cliente. 

Personalidade da Marca 

Sua marca tem um distúrbio de personalidade múltipla? Iremos ajudá-lo a ativar uma resposta emocional central (sensação de segurança, pertença de grupo, etc.) para construir confiança e lealdade.

Estudamos e aprendemos o que motiva os seus consumidores. Contamos com insights de dados, estudo de concorrência e análises, em vez de adivinhar cegamente. Depois de determinarmos o que os motiva, apresentamos um ponto de vista claro que irá atrair aqueles que são potenciais para sua marca.

Sugerimos que seja sincero em todos os momentos para garantir que as suas mensagens e interações estejam consistentemente alinhadas com a proposta de valor da sua marca.