Alemanha pode banir Facebook, Messenger, WhatsApp e Instagram

Ao longo dos anos o Facebook tem acumulado um império de serviços e de apps. Estes fazem parte da sua oferta e têm associados todos os seus utilizadores nas suas muitas vertentes.

Esta gigante da Internet tem agora em mãos um novo problema legal, que se pode tornar muito grande. Por problemas de patentes, o WhatsApp, Facebook, Messenger e Instagram estão prestes a ser banidos na Alemanha.

Este é mais um caso de patentes que coloca frente a frente 2 empresas muito influentes da Internet e da tecnologia. Em concreto, a BlackBerry acusou o Facebook de usar várias das suas patentes nas suas apps. Depois de um processo em tribunal na Alemanha, a decisão surgiu agora.

Ainda só existe uma avaliação primária e não definitiva, mas o tribunal já tomou uma posição. De acordo com esta primeira avaliação, o Facebook será declarado culpado e terá de abandonar estas patentes.

Em causa está mais que um simples problema. Caso avance, o Facebook terá de deixar de oferecer grande parte dos seus serviços na Alemanha. Em concreto está em causa a presença das apps do WhatsApp, Facebook, Messenger e Instagram.

O problema identificado está em patentes que o Facebook usa nas suas apps. Depois de ter abandonado o negócio dos smartphones, a Blackberry focou-se no software e nas suas patentes. É com estas que procura ganhar dinheiro. A empresa não se vê como uma aproveitadora neste caso.

A rede social está já a procurar uma solução para contornar esta questão. Estando provado que violou estas patentes, a rede social está proibida de oferecer estes serviços na sua forma. O tribunal já decidiu a favor de da BlackBerry na maior das vezes e por isso o resultado é bem esperado.

Claro que a solução pode certamente ser simples, com as apps a serem refeitas para o caso dos utilizadores na Alemanha. Estas vão ter algumas limitações, mas passam a cumprir com o que é esperado por lei, sem violar patentes de terceiros.

Fonte : PPlware.pt

Share

Comments

Leave a comment

You must be logged in to post a comment.